Void Podcast #002a – Alô comunidade!

Olá programadores, Designers, Arquitetos, loucos em geral! Até que enfim, orgulhosamente, publicamos o Void Podcast número 2 – uma gravação, sem compromissos, de uma conversa bem-humorada, entre amigos, sobre tecnologia e afins.

Nessa edição, Elemar Jr, Leandro Daniel e Vinícius Quaiato (vulgo arrobinha) discutem suas relações com comunidades técnicas. Além disso, tentam identificar arquétipos (oh vocabulário) comuns.

Descubra quem é o arquiteto PHP entre nós; um pouco sobre revistas antigas; o papel do MVP; perceba que nem todo mundo age da mesma forma e … esteja preparado para alguma polêmica.

Como esse podcast ficou um tantinho longo, estaremos publicando em duas partes.

Participe, comente, critique. Afinal, sua opinião é muito importante para nós (ou não!?)!

Ouça

Download
VoidPodcast – 02a – Comunidades de TI (43,5 MB)

Links

Anúncios

15 respostas em “Void Podcast #002a – Alô comunidade!

  1. Pingback: VoidPodcast #002 – Alô comunidade (primeira parte) « Elemar DEV

  2. Pingback: Void Podcast | Vinicius Quaiato

  3. Concordo com tudo que foi dito.
    Essa é a realidade, todos querem as coisas para ontem, os posts em listas/foruns geralmente são perguntas, e não compartilhando algo novo.
    Mas, estes que perguntam, existe 1 tipo que defendo, são aqueles que não fazem idéia de como começar suas pesquisas.
    Eu gosto de procurar, e pesquisar, e é bom ter sugestões de onde começar a procurar por algum assunto.
    E para estes casos, falta voltar e compartilhar o aprendizado.

    Finalizando, parabéns, ótimo podcast!

  4. Adorei o post, principalmente por perceber que mesmo não tendo feito referência aos “sobrinhos”, nestas comunidades o que mais vemos é pessoas querendo se promover, achando que são os donos da verdade, já fui alvo de pessoas deste tipo comunidade. Muitas comunidades são traduções de Blog’s/Comunidades no exterior. O que sinto principalmente nas comunidades sobre tecnologia Microsoft é que falta “mostrar o caminho” mais “baixo” do Framework para que as pessoas aprendam sobre a tecnologia, isto eu vejo muito na comunidade de Python por exemplo, são mostrados caminhos e não a solução propriamente dita.

  5. Legal o podcast, assinando!

    Todo mundo via email é fodão, faz perguntas, briga se vc não responde e ainda te cobra como se fosse sua obrigação responder. Mas vejam no DNAD, ao vivo a maioria #caga , perguntas bestas e cobranças idiotas não são feitas, cara a cara todo mundo pensa UM MILHAO DE VEZES antes de abrir a boca. Acho que o anonimato da internet ajuda muito ao tipo de usuário descrito no podcast.

    Também tem uma porrada de nego que participa de ‘comunidades’ só para dizer pros amigos e parecer mais fodão.

    ps: auhsuhasuhas que musica foi aquela no final do podcast! auhsuhasuhauhsauhshas
    ps2: ouvir o @ reclamar e lembrar dos emails dos caras chamando ele de ignorante == rir litros!

    Ótimo podcast! Continuem com o bom trabalho!

    • Valeu pelo feedback Israel!

      A música do final é uma homenagem ao @inha e suas trolladas (é o tema do Sax Rolled). 🙂

      Abraços!

  6. Senhores,

    Gostei.. concordo com grande parte das coisas que vocês falaram.

    Eis algumas coisas que eu nao concordo ou que quero acrescentar:
    Primeiro, em TI existem diversos níveis de conhecimentos, o que vcs falaram se aplica mais a pessoas do nivel alto. Ou seja, tem uma faixa de profissionais que vai buscar uma comunidade mais atenciosa. Não que vocês naõ sejam. Mas um arquiteto de software que busca interagir ou buscar conteúdo faz isso de forma diferente de um desenvolvedor Web cursando faculdade por exemplo.

    Uma coisa que eu acho que atrapalha a vida de comunidade, mas que ao mesmo tempo acaba trazendo gente boa é o uso de redes sociais. Tem muita gente que se destaca sem sequer ter feito algo de concreto. MAs acho que naõ devemos esquentar muito a cuca com isso porque conforme a maré vai baixando só permanece quem realmente quer ajudar.

    Era isso.. na verdade o podcast foi fonte de muita polêmica e deve ter muita gente discutindo tudo isso. Ou seja, creio que o objetivo foi alcançado. 😉

    parabéns mans.

    Eleriane

    • Obrigado pelo feedback Eleriane!

      Fomentar reflexão é uma das consequencias positivas que esperamos alcançar com o Void Podcast (claro, como objetivo primário não esperamos nada 🙂 … hehehehe).

      Na segunda parte do podcast tocamos em alguns pontos que você mencionou, está bem bacana, você verá.

      Abraços!

  7. Muito bom o podcast !
    Acompanho vocês pelo twitter, mas tenho que confessar que ouvi-los é bem mais legal !
    Concordo com o que vocês falaram da relação de dependência que se cria ao dar as respostas facilmente para as pessoas, afinal, ‘não temos que dar o peixe e sim ensinar a pescar” 🙂
    Grande abraço, e continuem com voidPodCast !
    Robson

  8. Olá,

    Em relação aos comentários sobre os fóruns do MSDN Brasil, este melhorou bastante nos últimos anos.

    Há +- 3 anos a grande maioria das perguntas (diria que mais de 90% delas) eram respondidas com uma simples busca no Google ou a leitura da documentação do MSDN. Hoje em dia está um pouco diferente, ainda existem as perguntas resolvidas via LMGTFY/LMBTFY mas a grande maioria (diria que mais de 50%) são discussões ou assuntos mais densos.

    Abraços.

  9. Pingback: A tal comunidade - Márcio Fábio Althmann

  10. Incrível! Acho que eu discordo de praticamente todas as opiniões de todos neste podcast, mas foi exatamente por isso que eu achei tão enriquecedor. Não mudaram a minha perspectiva, mas eu respeito e me diverti muito com a abordagem. Show! Obrigado e parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s