Void Podcast #006 – Mais dias na vida?! Mais vida nos dias.

Olá desenvolvedores, designers, analistas, arquitetos e loucos em geral!

Bem-vindos ao void. Hoje, mais do que nunca, um registro sem compromissos, de uma conversa bem-humorada, entre bons amigos, sobre tecnologia, ocupações e desocupações.

Hoje, Leandro Daniel (@leandronet), Vinícius Quaiato (@vquaiato, vulgo arrobinha) e Elemar Júnior (@elemarjr) conversam sobre a rotina cansativa dos profissionais de TI, sobre o quanto as coisas eram mais fáceis no passado (arrobinha melancólico?!) e, por fim, sobre o que fazem para preservar sua saúde física e, quem sabe, aparente sanidade mental (será?!)

Participe, comente, critique. Afinal, sua opinião precisa continuar parecendo muito importante para nós, ou não.

Saúde, paz, descanso, ócio criativo e bons estudos para todos


Ouça


Download

VoidPodcast – 06 – Mais vida nos dias (63 MB)

Links

Anúncios

15 respostas em “Void Podcast #006 – Mais dias na vida?! Mais vida nos dias.

    • São músicas tocadas ao vivo (improvisadas) por uma banda de jazz chamada Ponga. Vale a pena pesquisar, é uma banda ferradona!

  1. heueheu o Elemar parece meio gay as vezes, mas enfim 😀

    Legal o tema, e legal os comentários, sobre dormir pouco é relativo, se você não fica ruim dormindo pouco então blz, o que não pode é achar bonito se entupir de café no outro dia para ficar acordado, se eu dormir muito eu fico caindo de sono no outro dia.

    Eu parei muito de “trabalhar” em casa, mas o problema é que gosto muito de programar, é igual cansar de ler um livro e pegar uma revista para relaxar, ainda continua lendo algo mas só mudou o foco!

    Eu jogo Xbox, não vivo sem música, cozinho todo dia, e sou muito bom nisso, até falei que vou criar um blog de culinária e não de dev heueheu.

    O ponto chave é, tudo faz mal em excesso faz mal!

  2. Muito bom o podcast galera, parabéns ae.

    Eu estou começando na área ainda e acho bem legal o pessoal mais “experiente” dar algumas dicas. (Não quis chamar ninguém de velho, ok? kkk)

    Há uns 3 meses atrás eu entrei ( que não deu pra sair ainda ) em um ciclo meio destrutivo de escola -> estágio -> estudo -> tcc -> escola em que durmo pouco, bebo coca e café o dia inteiro, leio muitos livros técnicos e tento acompanhar as novidades em diversas áreas diferentes (de UX até design patterns).

    Chega uma hora que não dá mais pra olhar pro computador. Tem dia que chego a sonho com código kkk

    Agora eu vejo que ter um tempo pra dormir é essencial. E é legal ouvir de vocês, que são referências para muitos, que a vida não é só codar ( mesmo sendo muito bom )

  3. Valeu por mais um podcast, é sempre legal ouvir vocês falando da área de T.I, ainda mais quando vocês dão ênfase pra parte dos desenvolvedores e também pros temas que não são técnicos da área, que algumas vezes podem ser bem mais importantes que as partes técnicas.

    O mais interessante é que o void de vocês sempre acaba retornando algum valor que é importante para qualquer dev…hahaha

    E eu gostaria de ouvir uma opinião de vocês em relação aos comentários desse tema no fórum da apinfo:

    http://www.apinfo.com/cgi-bin/for.pl?display

    Como o Bruno Lara eu também sou novo(19), já tenho um pé na área de T.I e esse rotina maluca que muitas vezes você nem vem o dia passar.
    Mais as vezes eu encontro esses conflitos de opiniões em fóruns e fico em dúvida no que fazer ou se estou fazendo a coisa certa em continuar na área, apesar de gostar dela.

    Valeu.
    Abraço.

  4. Dei várias risadas com o void, tá cada vez melhor. Queria acrescentar algo sobre a importância em realizar pausas, principalmente quando você está travado em algum problema.

    Quando o Quaiato falou sobre “oxigenar o cérebro”, lembrei-me da seguinte frase: “No problem can be solved with the same level of consciousness that created it.” Albert Einstein

    Sempre quando eu travo em algum problema no código, faço uma pausa ou então verbalizo para algum colega o que está havendo. O simples fato de olhar para o problema sob um ângulo diferente, pode trazer a tona a solução. Isto realmente funciona.

  5. Pingback: Você já ouviu o Void podcast?! « Elemar DEV

  6. Pessoal,

    Meus comments…

    Sobre a vida de quem está começando agora ser difícil, eu queria lembrar um ponto que é a disponibilidade de recursos hoje em dia e a quantidade de pessoas que você tem pra tirar dúvidas e trocar idéias.

    Quando eu comecei a programar em Delphi (1.0, 16 bit) em 1995 mais ou menos, eu trabalhava numa empresa com umas 2000 pessoas (indústria). Tinha umas 5 pessoas que conhecia alguma coisa de programação (geralmente Clipper Summer ’87, dBase III Plus).

    Quando você tinha um manual de referência (impresso, de umas 500 páginas) você ficava feliz. Óbvio que era tudo inglês. Manual original, dicionário na mão e muita, muita, muita paciência.

    O máximo que tinha naquela época era a Mandic BBS (bons tempos… rs). Mas tbém a expectativa era mais baixa em relação ao que os sistemas deveriam fazer.

    Gostei muito dos comentários do Elemar sobre a questão de conceitos. Concordo totalmente com ele. Uma pena que o mercado ainda contrate em cima de tecnologias e não de fundamentos.

    Parabéns pelo void.

    Abraço,

    Eric

  7. Muito bom os podcast, não ajuda em nada, mais pelo menos me divirto muito rindo das piadinhas infames que vocês fazem.

    A ideia de discutir sobre a vida do profissional é muito bom principalmente para quem esta começando agora, ele fica louco, vendo tantas oportunidades e principalmente tecnologias.
    Pensa num aluno vendo o VS2010 pela primeira vez o cara pira, eu sei pois ministro aulas de programação I, os alunos piram, tenho alunos que ficam muito feliz em beber 10 litros de cafe por dia e ficar estudando a noite toda.

    Mas isso é normal ainda faço isso as vezes, mais agora com muito mais consciência do que eu estou perdendo em questão de qualidade de vida com isso, mas acredito que isso é uma faze da vida de um desenvolvedor, e ela passa.

  8. Pingback: Void Podcast: episódios #005 ao #008 disponíveis! | Leandro Daniel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s