Void Podcast #019 – Be social and be happy!

Olá desenvolvedores, designers, analistas, arquitetos, DBAs, testadores, gordos, atletas, editores de podcast e loucos em geral!

Bem-vindos (novamente) ao Void Podcast. Trata-se de uma conversa bem-humorada, entre três bons amigos criadores de “pet projects”, em clima de bar (cada vez com menos álcool), sobre qualquer assunto (permitido).

Após um inesperado hiato – envolvendo gripe, cidades alemãs, softwares de edição de áudio e dúzias de protestos via Twitter – nossos abjetos heróis retornam! E com novidades! Elemar Jr, nosso Fowler tupiniquim, assume a edição do Void Podcast! Leandro Daniel, assume os textos (tentando manter o alto nível deixado pelo seu antecessor).

Descubra nesse episódio um mundo de diversão e colaboração nas redes sociais dedicadas a nerds desenvolvedores! Sim, elas existem!

Ouça o novo editor do Void (@elemarjr) tirando sarro dos amigos com efeitos sonoros jocosos,  e entenda como que codificar uma engine de xadrez pode resultar em grandes amizades.

Descubra como o barbudo Leandro Daniel (@leandronet) se diverte no carnaval e ainda obtém achievements raros.

Divirta-se com um psicoterapêutico Arrobinha (@vquaiato), aplicando técnicas fajutas de terapia e discorrendo sobre assuntos de cunho duvidoso.

Crie sua conta no GitHub (caso não tenha),  comente aqui suas experiências nele e seja feliz, ok?!


Ouça

Download
Void Podcast #019 – Be social be happy (51,1 MB)

Links

Anúncios

12 respostas em “Void Podcast #019 – Be social and be happy!

  1. Pingback: O que aprendi editando o VoidPodcast?! « Elemar DEV

  2. Escrevi recentemente um post sobre colaboração com projetos open source, sem necessariamente codificar, exemplos de como você pode ajudar:
    Encontrar e avisar sobre existência de um bug, sugerir uma nova funcionalidade, escrever uma boa documentação, traduzir uma documentação existente, enviar uma melhoria gráfica (ícone, logo ou um css), etc…

    Mais infos aqui: http://fernandovezzali.com/2012/02/25/como-contribuir-com-projetos-open-source-sem-codificar/

  3. Fiquei deprimido. À primeira vista nunca vi o github como uma rede social. Meus pouquíssimos usos do gist foi pra divulgar uma ou outra coisinha engraçada ou interessante. E por pouquíssimos eu estou falando de 2 ou 3 postagens.
    Quando conheci o GitHub, peguei uma assinatura para colocar projetos pessoais que acabaram se tornando péssimas idéias ou colocar código com as minhas POC’s disponíveis para que eu pudesse acessar de qualquer lugar. Uma ferramenta pessoal.
    Claro que eu não precisei ouvir o void pra conhecer esse lado social e até mesmo o lado “portfolio profissional” do github. E isso é pior ainda. Porque já tem tempo que eu sei de tudo isso e mesmo assim, entro na minha conta e me decepciono comigo mesmo.
    Confesso que se o meu processo de contratação filtrasse esse tipo de coisa, eu não me contrataria.
    Talvez seja bom rever as coisas e tentar aplicar alguma mudança (se é que isso é possível).

  4. Eu tentei ouvir até o fim, sério, mas a edição engraçaralha e repetitiva me obrigou a parar as 25 minutos, sei que perdi um monte de coisa interessante , então tentarei retomar ouvindo do computador, no fone de ouvido não rolou.
    Vocês dizem que não retornam valor, mas isso é bullshit, pois o conteúdo do progrma estava ótimo, mas talvez a inexperiência do editor não tenha ajudado a valorizar como mereceu, há um podcast técnico, o Castalio Podcast, ele segue mais ou menos a linha de vocês, papo sem pretenção, a forma que ele edita, coloca música e efeitos poderia ser uma referência, ou talvez vocês possam seguir essas dicas do pessoal do We Are Geeks http://wergeeks.net/tag/ptl/
    Boa sorte e até a próxima

  5. Olá, gostei do podcast, falando basicamente sobre o GitHub (me senti motivado a criar uma conta lá, mesmo tendo consciência de que meus códigos estão longe das “boas práticas”).

    Só achei que alguns efeitos sonoros ficaram tão repetitivos que no começo até era engraçado aquele “Ok”, por exemplo, mais depois ficou irritante.

    De qualquer forma o trabalho de edição foi, no geral, bom. Parabéns Elemar.

    Com a experiência você chega a perfeição, obrigado por mais um podcast.

    Abraços.

    • A edição do void era feita anteriormente pelo Leandro, que inclusive é um músico. O Elemar acabou de assumir a edição e tem menos experiência no assunto, portanto é compreensível perceber uma significativa queda na qualidade. Abraços!

      • Exato Fernando, meu objetivo é fazer uma crítica construtiva, apontando o que achei que ficou repetitivo na edição.

        Compreendo que o Elemar é um “editor de 1ª viagem” e aguardo que os próximos episódios fiquem tão bons quanto esse ou ainda melhores!

        Abraços.

  6. Pingback: Void Podcast: episódios #017 ao #020 disponíveis! | Leandro Daniel

  7. Pingback: O que aprendi editando o VoidPodcast?! | Elemar JR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s